Economia é mais do que taxa de juros

O “problema” de ter macroeconomistas “tocando”, quase que exclusivamente, o debate econômico é que as recomendações de política econômica vão quase sempre passar pelas “grandes” variáveis — taxa de juro, crédito e câmbio. Não há nada de “errado”, em si, com isso e é natural que os macroeconomistas dominem mesmo o debate. Mas seria interessante…

X-Men e os preços rígidos

Rigidez de preços é um elemento crucial em modelos macro modernos, principalmente os que lidam com efeitos de política monetária. Especificamente, supõem-se que as firmas se defrontam com pequenos custos (os tais custos de menu) para alterar seus preços. Frente a um choque de demanda (como uma expansão monetária) algumas firmas podem optar por não…

Quando o governo deve interferir na economia?

Muita gente desconfia dos mercados. Adam Smith já tinha alertado que, intuitivamente, as pessoas dificilmente acreditariam que o livre funcionamento dos mercados — milhares de pessoas tomando decisões voluntárias de trocas, uns na condição de produtor e outros na condição de consumidor– geraria outra coisa que não o mais absoluto caos. É provavelmente dessa intuição, cética…

Acemoglu on Brazil

Daron Acemoglu é um dos economistas mais influentes da atualidade. Suas contribuições afetaram decisivamente a profissão, principalmente para entender os processos de desenvolvimento de longo prazo, enfatizando o papel das instituições e da história. Arrisco a dizer que Acemoglu ganhará o prêmio Nobel de Economia nos próximos dez anos. Em um trecho do livro “Why Nations Fail”…

Taxa de Câmbio Real: Uma Perspectiva Histórica

Lets take a historical (or should i say hysterical) materialistic perspective on what has been going on with the BRR$/US$ (real effective) exchange rate (REER). Note. REER is the nominal effective exchange rate (a measure of the value of a currency against a weighted average of several foreign currencies) divided by a price deflator or…

Delfim, Dilma e expectativas racionais

O perfil de pessoas que contribuem nesse blog mudou bastante nos últimos meses. Infelizmente perdemos um pessoal que seguia conjuntura mais de perto, e escrevia posts comentando artigos de jornal de economistas famosos. Tínhamos posts intitulados “Delfim do Estadão”, ou “Pastore no Valor”, entre outros. Claramente mudamos para um perfil mais acadêmico, em geral com…

Educação e desenvolvimento econômico – parte II

Os gráficos abaixo foram produzidos por Danilo Souza, meu orientando de mestrado (fazem parte de sua tese). O primeiro gráfico mostra que as diferenças educacionais (quando medidas em anos de estudo) entre países vêm declinando consideravelmente nas últimas décadas. O eixo horizontal mede o número médio de anos de estudo da população de cada país,…

Educação e desenvolvimento econômico – parte I

Educação é crucial para o desenvolvimento econômico. Essa ideia é bastante difundida entre acadêmicos, jornalistas, políticos etc. Mas o texto recente de Ricardo Hausmann, no Project Syndicate (aqui), revela que isso não parece ser mais consenso, principalmente por conta da experiência de países em desenvolvimento nas últimas décadas, que tiveram uma elevação considerável no nível…

Prevendo crises

Tem um papo de que a Economia — especificamente o mainstream — deveria ser totalmente repensada, pois os economistas dessa corrente foram incapazes de prever a crise de 2008. Ou seja, boa parte do que aprendemos nos últimos 30 anos deveria ir para o lixo, principalmente em Macro e Finanças. Em cima dessa discussão, considere o seguinte…