Linguagem como tecnologia: preservar línguas?

Como economista tenho enorme dificuldade para entender essa preocupação de alguns com o desaparecimento de línguas (exceto daqueles que vivem de arqueologia linguística) e, portanto, a necessidade de “preservação” das mesmas. A língua materna é acidente geográfico, uma escolha que não fazemos. Tampouco é algo que parece ter alguma influência significativa na nossa personalidade —…

Quando o governo deve interferir na economia?

Muita gente desconfia dos mercados. Adam Smith já tinha alertado que, intuitivamente, as pessoas dificilmente acreditariam que o livre funcionamento dos mercados — milhares de pessoas tomando decisões voluntárias de trocas, uns na condição de produtor e outros na condição de consumidor– geraria outra coisa que não o mais absoluto caos. É provavelmente dessa intuição, cética…

Por quê?

Economia não é uma disciplina fácil. Mas tem muita coisa em Economia que não é exatamente difícil. Por exemplo, se o governo gasta mais, precisa cobrar imposto para financiar esse gasto — seja hoje, ou no futuro, se se financiar com dívida. Ou, se não conseguir fazer nenhum dos dois, tem que imprimir moeda, o que…

Renda e religião: “Bolsa Família” pagando dízimo?

A ciência nunca foi tão vital nas nossas vidas como é hoje. Elas está presente de forma fundamental em muito do que fazemos — na comunicação diária, na forma como fazemos pagamentos, nos transportes que usamos. Mas vivemos também, talvez paradoxalmente,  em uma época de intensa religiosidade — mais de 80% das pessoas do mundo…

Economia sem truques

Carlos Eduardo Gonçalves e Bernardo Guimarães estão relançando o imperdível “Economia sem truques”, agora na versão e-book. Por míseros R$ 6 na Amazon. Confira aqui. Abaixo a descrição do livro. Este é um livro que ensina economia a partir de seus princípios mais básicos, usando exemplos lúdicos, mas voltado a questões práticas e importantes. Ao…

Cantareira

O vídeo abaixo mostra fotos de satélite do google, comparando o sistema Cantareira em dois momentos: maio de 2012 e abril de 2014. Nessa última data o sistema estava em 12% de sua capacidade (sem contar volume morto). Hoje a situação é muito pior. Fonte: www.saopa.com.br. O site também contém imagens interativas bem legais, que…

Berlim vista do espaço

O Washington Post fez uma matéria interessante sobre a Alemanha, 25 anos depois da unificação (aqui). Diferenças marcantes persistem entre as partes ocidental e oriental. Em particular, a parte oriental continua sendo mais pobre. Além disso, a fração de jovens é bem menor no Leste, resultado da migração de pessoas nessa faixa etária para o…