Economia é mais do que taxa de juros

O “problema” de ter macroeconomistas “tocando”, quase que exclusivamente, o debate econômico é que as recomendações de política econômica vão quase sempre passar pelas “grandes” variáveis — taxa de juro, crédito e câmbio. Não há nada de “errado”, em si, com isso e é natural que os macroeconomistas dominem mesmo o debate. Mas seria interessante…

Details

Precisamos de previdência estatal?

A previdência social no Brasil é um desastre atuarial — os benefícios esperados não “casam” com as contribuições recebidas, fazendo o negócio rodar de forma sistematicamente deficitária. Precisa urgentemente de reforma. Infelizmente a proposta em discussão no Congresso não contempla a mudança mais importante: o fim da compulsoriedade da contribuição para o esquema de previdência…

Details

Produzindo sob pressão olímpica: A torcida ajuda ou atrapalha?

As Olimpíadas acabaram. E entre os vários tópicos que ocuparam resenhas e colunas de jornal sobre o que estava ocorrendo ao longo do evento, houve particular destaque para a questão do comportamento da torcida brasileira. Houve reclamação de atletas e jornalistas de outros países, incomodados com as vaias e com o tipo de manifestação que…

Details

Medalha, medalha, medalha – parte 2

Há algumas semanas comentei a estratégia empírica proposta por Andrew Bernard e Meghan Busse (Restat, 2004) para prever o desempenho dos diversos países que participam de uma Olimpíada. Em particular, os autores utilizam um conjunto bem restrito de variáveis para explicar o número de medalhas conquistadas por um país, especificamente população, renda per capita, uma dummy para…

Details

Por que as empresas estatais são piores do que as empresas privadas?

Empresas são muito diferentes entre si de quase qualquer ângulo que se olhe. Mesmo se olharmos para as empresas de um mesmo setor, haverá um abismo de diferença entre elas. No setor manufatureiro dos EUA, por exemplo, as firmas no top 10% da distribuição de produtividade produzem quatro vezes mais do que as firmas nos 10%…

Details

Gastos com educação e saúde: dois problemas de incentivo

O orçamento público brasileiro é bastante engessado, cheio de vinculações. Por exemplo, de acordo com a Constituição, o governo federal tem que gastar pelo menos 18% de sua receita em educação, enquanto que para estados e municípios esse valor é de 25%. Com a necessidade de realizar o ajuste fiscal, cogita-se quebrar essas vinculações. Há…

Details

Sobre o bloqueio do WhatsApp

Na semana passada, mais uma vez, a justiça mandou bloquear o WhatsApp no Brasil inteiro. Já é o terceiro caso. Em todos eles foi a mesma coisa: juízes solicitam que a empresa divulgue informações sobre comunicações realizadas por investigados. A empresa, no entanto, diz que não guarda essas informações; e não tem como mostrar o…

Details